• Oferecemos um
    serviço qualificado
    e humanizado
    aos pacientes.
  • Equipe altamente
    preparada para
    acompanhar os
    pacientes 24
    horas por dia.
  • Proporcionamos
    cuidados físicos e
    mentais que
    priorizam a
    humanização e a
    ética profissional.
  • Oferecemos um
    serviço qualificado
    e humanizado
    aos pacientes.
  • Equipe altamente
    preparada para
    acompanhar os
    pacientes 24
    horas por dia.
  • Proporcionamos
    cuidados físicos e
    mentais que
    priorizam a
    humanização e a
    ética profissional.

Empresa

A Care4life foi criada para atender às necessidades de pacientes clínicos e domiciliares, oferecendo um serviço qualificado e humanizado.

Conta com uma equipe de profissionais capacitados para prestar assistência a crianças, adultos e  idosos, pacientes em pós-operatório, com transtorno do espectro autista e portadores de outras síndromes.

A empresa conta com  atendimento na clínica e também  promove a comodidade ao levar um profissional para dentro de sua casa, prestando o melhor atendimento sem impactar a rotina familiar.

A Care4Life oferece atendimento exclusivo, com destaque para nossos diferenciais:

  • Visita domiciliar sem vínculo prévio contratual;
  • Avaliação prévia para a escolha do profissional mais adequado para o paciente;
  • Escritório próprio para a realização da entrevista com o familiar responsável pela pessoa cuidada;
  • Supervisão de todos os profissionais para assegurar um atendimento de qualidade;
  • Substituição do profissional em casos de faltas ou não adaptação;
  • Câmeras de monitoramento para acompanhar seu familiar 24 horas por dia;
  • O acesso às informações de saúde e das atividades que seu familiar estará realizando será por meio de prontuário físico e eletrônico;
  • Comodidade e praticidade agregadas à qualificação profissional. Atendimento jurídico com especialista na área da saúde.

Equipe Care4life:

  • Disponível para oferecer atendimento 24 horas;
  • Especializada no atendimento às atividades da vida diária;
  • Recebe treinamentos periódicos para garantir a capacitação permanente;
  • Habilitada para atender com segurança às demandas de assistência presencial;
  • Processo Seletivo Criterioso;
  • Acompanha em eventos e atividades de lazer, como caminhadas.

Missão

Prestar serviço qualificado e humanizado aos pacientes clínicos e domiciliares. Oferecer segurança, confiança e conforto ao assistido e aos seus familiares.

Visão

Proporcionar cuidados físicos e mentais, priorizando a humanização e a ética dos serviços.

Valores

Humanização, confiança e respeito.

Serviços

A Care4life possui uma equipe profissional qualificada para atender às necessidades individuais do paciente.

Cuidados de pessoas

Cuidadores de idosos Saiba mais >
Cuidados no período pós operatório Saiba mais >
Cuidadores de crianças Saiba mais >
Cuidadores de pessoas com doenças neurodegenerativas (Alzheimer, Parkinson, entre outras) Saiba mais >
Consulta Médica - Clínica e Domiciliar Saiba mais >

Cuidados multidisciplinares

A Care4life oferece parceria com profissionais multidisciplinares.
O atendimento pode ser realizado na clínica ou em domicílio, proporcionando conforto e segurança ao paciente. São eles:

Fisioterapia
Nutrição
Fonoaudiologia
Geriatria
Terapia Ocupacional
Psicologia
Psiquiatria
Massagem Terapêutica

Dicas

A Care4life seleciona as melhores dicas para os cuidados de pacientes na clínica e em domicílio.

Setembro amarelo – Vamos prevenir o suicídio

O suicídio é um fenômeno complexo que pode afetar indivíduos de diferentes classes sociais, idades e origens. Mas ele pode ser prevenido! E reconhecer os sinais de alerta pode ser o primeiro e mais importante passo, como:
Aparecimento ou agravamento de problemas de conduta ou manifestações verbais durante pelo menos 2 semanas;
Preocupações com sua própria morte ou falta de esperança;
Expressão de ideias ou intenções suicidas “vou desaparecer”, “eu queria dormir e nunca mais acordar” ...
Isolamento
Os sinais de alerta acima não devem ser considerados isoladamente, sendo assim é imprescindível ajuda de um profissional qualificado.
                                                                         

                                                                          Dra Franciely Lopes – CRM-PR 33244
                                                                          Dra Nadhyne Remonti – CRM-PR 37731

                                                                                         

Como anda sua saúde mental ?

Sete sinais de quando procurar um atendimento psiquiátrico:        

1- Está enfrentando dificuldades para dormir e alterações no apetite;        

2- Não consegue se livrar de algum vicio;                    

3- Está sentindo alguma dor inexplicável;                  

4- Tem mudanças frequentes de humor;            

5- Não vê mais sentido na vida que leva;                      

6- Se preocupa demais com o futuro;                        

7- Está sentindo necessidade de se ferir ou se prejudicar.                        

Um corpo saudável reflete uma mente sã.        

Cuide-se : Procure ajuda de um profissional qualificado.                          

                                Dra Franciely Lopes / CRM-PR 33244                              

 Dra Nadhyne Remonti  / CRM- PR 37731

Você sabia que as quedas aumentam a mortalidade?

A marcha da pessoa idosa pode sofrer alteração devido a mudança da constituição corporal. No decorrer do envelhecimento o corpo vai perdendo massa muscular. Os idosos podem apresentar dificuldade em caminhar e até mesmo quedas frequentes.

Muitos idosos param de andar após uma queda, passando a apresentar complicações decorrentes da imobilidade. Essa situação leva a piora na qualidade de vida e aumento na mortalidade.

Faça atividade física! Previna-se!

 

Dra. Maria Eduarda de Lucia 

Geriatra

CRMPR 29.877

Dicas com os medicamentos!

É importante estar sempre atento com os horários da administração do medicamento. A principal falha no tratamento é a não adesão ao tratamento, por motivos dificuldade de lembrar o horário, qual medicamento e a dose.  Para auxiliar, são utilizadas as caixas organizadoras.

Lembra-se que os medicamentos devem ser protegidos da umidade, e em local que não tem luz. É importante manter em temperatura de 15 a 30ºC. 

Os idosos fazem tratamento com vários medicamentos (polimedicação),e deve ser avaliada a interação medicamentosa. É recomendada a administração dos medicamentos com o copo d’ água, e evitar tomar com alimentos ou outras bebidas. 

Os medicamentos vencidos ou que não são utilizados devem ser descartados de forma correta. Nas farmácias, postos de saúde são recolhidos esse medicamentos e depois são destruídos de forma adequada. 

Caso tenha dúvidas sobre os medicamentos procura o profissional de saúde!

Natália Monte Rúbio de Brito 

Farmacêutica

Você sabia que a população idosa tem um calendário vacinal próprio?

Com o envelhecimento, o organismo fica suscetível a mais infecções do que na vida adulta. Pensando nisso, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia juntamente com a Sociedade Brasileira de Imunologia criaram o calendário vacinal do idoso. Entre as vacinas recomendadas estão a vacina contra a gripe e a vacina contra a pneumonia. Extremamente importantes de serem feitas antes da chegada do inverno, e são fornecidas gratuitamente pelo SUS. 

Converse com seu médico para atualizar sua carteirinha vacinal! Previna-se!

 

Dra. Maria Eduarda de Lucia 

Geriatra

CRMPR 29.877 

04 maneiras de evitar a solidão na velhice

O aumento da expectativa de vida está mudando a realidade de milhares de famílias no Brasil. Hoje, são cerca de 26 milhões de pessoas acima dos 60 anos vivendo no país. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), eles devem chegar a 38 milhões em 2027. Junto com o crescimento de idosos, vem as altas taxas de isolamento social. Hoje, 35% vivem sozinhos em suas casas, índice que triplicou nos últimos 20 anos. De acordo com especialistas, esse comportamento é reflexo da falta de cultura de cuidado. “As pessoas não aprenderam a lidar com os familiares mais velhos. Não se prepararam para o envelhecimentos dos familiares. Em muitas famílias, o idoso pode se tornar uma sobrecarga”, conta a médica geriatra Maria Eduarda de Lucia.

 

E a solidão pode trazer consequências desastrosas.  Pesquisadores da Universidade de Chicago descobriram que o isolamento pode aumentar o risco de morte em 14% nas faixas etárias mais avançadas. Uma outra pesquisa, da Universidade de Brigham Young, publicada na revista especializada Perspectives on Psycological Science, comparou estatísticas de mortalidade e constatou que a solidão é tão prejudicial à saúde quanto fumar 15 cigarros por dia ou ser alcoólico. Recentemente, a revisão de 23 artigos científicos levou pesquisadores da Universidade de York a concluir que a solidão aumenta em 29% o risco de doenças coronarianas e em 32% o de acidentes vasculares.

De acordo com o Estatuto do Idoso, abandonar uma pessoas acima dos 65 anos é crime, com pena de multa e detenção de seis meses a três anos. Esse abandono pode ser moral, pela falta de visitas, ou material, pela falta de pagamento da instituição onde o idoso se encontra, por exemplo.

A solução para a grande maioria dos casos tem nome: interação social. Seguir se relacionando com outras pessoas pode fazer uma enorme diferença na qualidade de vida da pessoa idosa. Confira algumas maneiras de promover essa interação:

  1. Manter a família por perto: é muito importante que a família fique sempre por perto. Seja para levar o idoso para se divertir e distrair, fazer companhia em casa ou cuidar da saúde de perto. Faça visitas e telefone com frequência. Leve os netos para visitá-lo.
  2. Atividades físicas: a prática de exercícios físicos mantém o ânimo e a saúde. E são fundamentais nessa faixa etária. Uma sugestão são as atividades coletivas, que aumentam o círculo social.
  3. Socialização: fazer cursos e trabalhos voluntários, participar de encontros semanais ou quinzenais, grupos de idosos, entre outras atividades, são formas de ampliar as relações. Fazer novas amizades e ter novas companhias é importante.
  4. Manter a mente ativa: A mente sã é umas das principais aliadas no combate à solidão. Mantenha o cérebro em funcionamento sempre com atividades diferentes como fazer palavras cruzadas, aprender a tocar um instrumento musical, fazer artesanato, se dedicar à fotografia, ler livros ou assistir séries e filmes, desvendar o mundo digital etc.
Curitiba está preparada para o envelhecimento?

Em apenas quatro anos, Curitiba terá mais idosos do que crianças. O apontamento da prefeitura foi feito pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), que prevê que o número de pessoas acima dos 60 anos vai ultrapassar o total de crianças e pré-adolescentes com menos de 14 já em 2022. Serão 332,6 mil idosos — cerca de 17,16% da população da cidade — contra 330,8 mil crianças (17,07%). No Paraná, até 2040, serão 118 idosos para cada 100 crianças.

O envelhecimento da população se tornou centro de discussões e encontros, já que há uma série de ajustes e mudanças necessários. Além da dificuldade em lidar com o tema numa sociedade que cultua a juventude, há desafios particulares e outros comuns à sociedade. Um exemplo é o Plano Municipal da Pessoa Idosa — um conjunto de políticas adotadas por diferentes setores a fim de se preparar para esse envelhecimento. As ações devem se basear em três pilares: a prevenção ao rompimento de vínculos com a comunidade, a promoção de direitos para tornar o idoso mais autônomo e o combate à violência.Outro exemplo é o São Lourenço Senior Living, primeiro espaço sênior da capital paranaense com infraestrutura construída especialmente para cuidados voltados à qualidade de vida e bem-estar de idosos com mais de 60 anos. 

Violência contra o idoso

Um ponto de atenção importante ao idoso é evitar a violência. De acordo com a Secretaria de Justiça, foram mais de 590 denúncias de violência nos primeiros cinco meses de 2019. A grande maioria delas por violência física praticada por familiares, com associação ao uso de drogas e bebidas alcoólicas. Vale ressaltar que negligenciar também é uma forma de violência.

A melhor forma de combater é denunciar e se informar. O Disque Idoso - disponível em todos os municípios do Paraná - é um serviço telefônico estadual gratuito ligado a um banco de dados que coloca à disposição da população orientações sobre os direitos da pessoa idosa, presta informações, encaminha denúncias e sugestões sobre serviços públicos. O telefone é 0800 41 0001 (ligação gratuita e sigilosa) e o atendimento acontece de segunda a sexta, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30. E-mail: disqueidoso@seds.pr.gov.br.

 

 

Pandemia de Coronavírus SARS-COV2

Estamos frente a uma Pandemia de Coronavírus SARS-COV2 que se iniciou na China e tomou proporções mundiais desde então. Chamarei a atenção para alguns dados a seguir e farei, no final, algumas considerações.
Características do vírus:
•    Taxa de transmissibilidade alta
•    Taxa de Letalidade não é baixa (3,74%)
•    80,9% casos leves
•    Taxas de Letalidade maiores em pessoas acima de 60 anos, chegando a 14,8% em pessoas acima de 80 anos. 

Diferença de abordagem populacional entre os países:
•    China fechou cidades e regiões quando 400 casos conhecidos (provável 2500 pessoas contaminadas naquele momento) em uma cidade com 11,2 milhões de habitantes, conseguindo controlar a epidemia.
•    Itália tomou medidas tardias, 2 pessoas em 31 de janeiro versus 10.149 em 09 de março de 2020, quando medidas severas de restrição de circulação de pessoas foram tomadas – em 09 de março já havia 631 mortes na Itália.

Cenário atual do Brasil:
•    26 de fevereiro Brasil teve o 1º caso confirmado
•    05 de março eram 8 casos confirmados
•    13, 14 e 15 de março 98, 121 e 200 casos respectivamente.

Do ponto de vista populacional/coletivo o governo tem adotado medidas de restrição gradativas para o enfretamento da Pandemia em território nacional, porém do ponto de vista individual a responsabilidade está nas mãos de cada um de nós.

Nunca a Higienização das mãos (água e sabão e/ou álcool 70%), Etiqueta Respiratória foram tão importantes; assim como a restrição de visitação de locais públicos, isolamento/quarentena em caso suspeito de Infecção pelo COVID19. 

É importante entender que caso suspeito pode ser qualquer pessoa com sintomas de infecção de vias aéreas (Febre, Tosse, coriza, Falta de Ar), e não somente pessoas que viajaram para fora do país ou tiveram contato com estes. Casos confirmados podem representar um número muito menor do que o de infectados – quando a Cidade de Wuhan pensou ter 444 casos, tinha na verdade algo em torno de 2500 casos (que seriam posteriormente identificados com exames).

Começar nossa lição de casa e multiplicar informação são importantes pontos para entendermos que somente o esforço conjunto e a abdicação temporária de liberdades individuais e coletivas levam ao melhor resultado no controle do atual cenário de saúde.

Há chance de parar essa epidemia, pois os casos assintomáticos parecem não alimentar de forma importante a transmissão. São prioridades absolutas: proteger os profissionais de saúde, TESTAR E COLOCAR EM QUARENTENA PELO MENOS 80% DOS COMUNICANTES. (REV BRAS EPIDEMIOL 2020; 23: E200021).

Curitiba, 16/03/2020

Guilherme J. Fiebrantz Pinto
CRM-PR 21.361 / MT 6.044

                                                                                                                                                                              

Equipe

Contamos com parceiros muito especiais para proporcionar um serviço qualificado e humanizado aos pacientes na clínica e em domicílio.

Contratar serviço
Trabalhe conosco Unidade Curitiba Endereço

Avenida República Argentina, 1336 - Sala 1003
Água Verde - Curitiba/PR

Telefone

(41) 3328-3876 (das 9h às 18h)
(41) 9.8736-4779

E-mail
Localização